Produção de novo Classe C começa nesta sexta em Juiz de Fora

A primeira unidade do Mercedes-Benz C Sports Coupé deixa a linha de montagem de Juiz de Fora na próxima sexta-feira (20). Destinado principalmente aos mercados da Europa, o automóvel é produzido em duas versões de acabamento, com motores movidos à gasolina e diesel. Também há uma configuração com direção à direita, para mercados como Inglaterra e Japão.

PRODUÇÃO

Para produzir o novo automóvel a fábrica de Juiz de Fora passou por adequações nas áreas de pintura, montagem bruta e montagem final. Funcionários passaram por processo de qualificação, com treinamentos feitos na Alemanha.

Na primeira fase de produção do C Sport Coupé a planta opera em regime de SKD (Semi-Knocked-Down), recebendo carrocerias montadas em Sindelfingen, Alemanha. Em Juiz de Fora as carrocerias passarão pelo processo de pintura e montagem final. Prevista para o segundo semestre de 2007, a segunda fase iniciará a montagem de conjuntos e carroceria no país. Alguns fornecedores de peças do C Sport Coupe estão instalados no país.

DEFASADO

            O governador Aécio Neves comemorou a notícia da produção do automóvel no estado. Por enquanto esta será a única fábrica do mundo a produzí-lo. Mas a alegria pode durar pouco. A Mercedes-Benz lançou há poucas semanas no Salão de Genebra a nova geração do C, em sua carroceria sedã. O que decreta a longo prazo o fim do Sport Coupé, com vendas decrescentes. O carro já teve produção de 50 mil unidades anuais, mas a expectativa é que Juiz de Fora não alcance nem um terço do volume. A luz no final do túnel seria a produção nacional do novo C Sport Coupé, com lançamento previsto para 2008.

Por Bruno Freitas

O que achamos?

Não gostamos pelo fato de ser a geração antiga. Ainda que o foco não será o nosso mercado, que estimamos que contará com uma pequena redução de preços, a ansiedade era pela nova geração do modelo.

Gostamos pelo fato das três versões que o modelo deverá ter. E adoramos o fato de ser um dos poucos Mercedes que tem esportividade acima da média.

Ao nosso ver a solução foi interessante para os dois lados. Com a produção no Brasil, a Mercedes não precisa fechar as portas e ter de abandonar os investimentos e beneficios concedidos pelo governo local, e evitando pagar multas altissimas. Evita desempregar uma grande quantidade de pessoas, e de quebra consegue montar o carro aqui aproveitando as vantagens do valor de nossa mão de obra, ainda que demande uma logistica um pouco maior.

de-inicio-as-carrocerias-virao-da-alemanha-juiz-de-fora-fica-encarregada-da-pintura-e-montagem-final.jpg  A versão fabricada aqui é exatamente igual a produzida no exterior

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: